Hoje, Galeria DEART/UFRN

321918958_640

HOJE 04/12/15 (Sexta-feira) Horário: 9 h às 18h
GALERIA DE AV/DEART/UFRN
ULTIMO DIA!

MOSTRA VIDEOARTE UNIVERSITARIA 10 DIMENSÕES 2015

MOVESER -Bárbara Freire, Dany Ferreira, Davi Revoredo, Laryssa Aguiar, Raphael Dumaresq, Rita Machado e Bárbara Stefany Freire de Sousa.
-Céu laranja: medo do descontrole. Jadiel Matheus Moura de Azevedo. (Jorake)
– Nuances do passado, 2014 -Luiz Courret.
-Enterro de resto de construção ,2014. Vinícius Cortez de Souza Dantas
-Raiz Aérea, 2014. Patrícia Leal e Bel Souza
-Que desenho é esse? Arymar Sousa Mendes, Adálio Barbosa da Silva Neto, Carla Karoline dos Santos Farias Gonzalez, Delaídes Rodrigues Paixão e Thamires Sibelly C. Santos.
-TAI. Autor principal (Coordenadora) Prof. Dr. Nara Graça Salles (UFRN) e demais autores secundarios.
– CICLO, 2013. Arthur Cavalcante
-Cultura de ouro ,2014. Arthur Cavalcante
-Angustia,2014.Giulian Lin Mascarenhas Souza
-SertãoMAR ,2008-2010. Artur Luiz de Souza Maciel e Marjorie Simões dos Santos
– Histórias de Rua,2014. Jacó Viana, Juliana Magalhães, Larissa Paim, Lauana Sento Sé e Luciene Dantas.
-Eco-Ação,2014. Fagner dos Santos Fernandes
-Corpo Estranho, 2014. Taís Lima Gonçalves Amorim da Silva

VIDEOARTE EM NATAL

Dois núcleos:
VIDEOARTE EM NATAL: APONTAMENTOS – CURADORIA SANZIA PINHEIRO
– O que Egon Schiele estaria dizendo – Chrystine Silva
– Ornamental – Juan Nin
Anemografias – Morvan França
Performances – Marcelo Ghandi
Constantine- Júlio Castro
Sustento ferro- Humberto Luiz
Noturnos – Carito Cavalcanti
e outros

HISTORIAS DA VIDEOARTE/ UFRN
Gilbertto Prado- M Angela Pavan (FACOM/UFRN)
– A terra e seus terráqueos em 88; Babel: bamboo tower;9/4 Fragmentos de Azul;Connect

Lais Guaraldo (DEART/UFRN) com Mônica Reis e Viviane Borges
– Maiakoviski
Prêmio VideoBrasil VHS
4o Festival VideoBrasil 1986 6m

 

Cidade Submersa ,Caetano Dias, 1978

Anúncios

MOSTRA CONTINUA GALERIA DEART/UFRN

maiakovski (1)

 

HOJE 03/12/15 (Quinta-feira) Horário: 9 h às 18h
GALERIA DE AV/DEART/UFRN
Continuam:

MOSTRA VIDEOARTE UNIVERSITARIA 10 DIMENSÕES 2015

MOVESER -Bárbara Freire, Dany Ferreira, Davi Revoredo, Laryssa Aguiar, Raphael Dumaresq, Rita Machado e Bárbara Stefany Freire de Sousa.
-Céu laranja: medo do descontrole. Jadiel Matheus Moura de Azevedo. (Jorake)
– Nuances do passado, 2014 -Luiz Courret.
-Enterro de resto de construção ,2014. Vinícius Cortez de Souza Dantas
-Raiz Aérea, 2014. Patrícia Leal e Bel Souza
-Que desenho é esse? Arymar Sousa Mendes, Adálio Barbosa da Silva Neto, Carla Karoline dos Santos Farias Gonzalez, Delaídes Rodrigues Paixão e Thamires Sibelly C. Santos.
-TAI. Autor principal (Coordenadora) Prof. Dr. Nara Graça Salles (UFRN) e demais autores secundarios.
– CICLO, 2013. Arthur Cavalcante
-Cultura de ouro ,2014. Arthur Cavalcante
-Angustia,2014.Giulian Lin Mascarenhas Souza
-SertãoMAR ,2008-2010. Artur Luiz de Souza Maciel e Marjorie Simões dos Santos
– Histórias de Rua,2014. Jacó Viana, Juliana Magalhães, Larissa Paim, Lauana Sento Sé e Luciene Dantas.
-Eco-Ação,2014. Fagner dos Santos Fernandes
-Corpo Estranho, 2014. Taís Lima Gonçalves Amorim da Silva

VIDEOARTE EM NATAL

Dois núcleos:
VIDEOARTE EM NATAL: APONTAMENTOS – CURADORIA SANZIA PINHEIRO
– O que Egon Schiele estaria dizendo – Chrystine Silva
– Ornamental – Juan Nin
Anemografias – Morvan França
Performances – Marcelo Ghandi
Constantine- Júlio Castro
Sustento ferro- Humberto Luiz
Noturnos – Carito Cavalcanti
e outros

HISTORIAS DA VIDEOARTE/ UFRN
Gilbertto Prado- M Angela Pavan (FACOM/UFRN)
– A terra e seus terráqueos em 88; Babel: bamboo tower;9/4 Fragmentos de Azul;Connect

Lais Guaraldo (DEART/UFRN) com Mônica Reis e Viviane Borges
– Maiakoviski
Prêmio VideoBrasil VHS
4o Festival VideoBrasil 1986 6m

TEMPO REVERSO
Cidade Submersa ,Caetano Dias, 1978

Imagem: Maiakoviski, de Lais Guaraldo (DEART/UFRN) com Mônica Reis e Viviane Borges

HOJE MOSTRA NO IFRN

Fagner dos Santos Fernandes-EcoAção.png

HOJE 02/12/15 (Quarta-feira)

MOSTRA NO IFRN/CIDADE ALTA: Auditório
CIRCUITO VIDEOARTE 10 DIMENSÕES 2015
Mostras e Exibições

Todas as exibições tem hora marcada:

(MANHÃ)

MOSTRA VIDEOARTE UNIVERSITARIA 10 DIMENSÕES 2015
Local: IFRN/Cidade Alta (Auditório)
Horário: 10h às 12h

MOVESER -Bárbara Freire, Dany Ferreira, Davi Revoredo, Laryssa Aguiar, Raphael Dumaresq, Rita Machado e Bárbara Stefany Freire de Sousa.
-Céu laranja: medo do descontrole. Jadiel Matheus Moura de Azevedo. (Jorake)
– Nuances do passado, 2014 -Luiz Courret.
-Enterro de resto de construção ,2014. Vinícius Cortez de Souza Dantas
-Raiz Aérea, 2014. Patrícia Leal e Bel Souza
-Que desenho é esse? Arymar Sousa Mendes, Adálio Barbosa da Silva Neto, Carla Karoline dos Santos Farias Gonzalez, Delaídes Rodrigues Paixão e Thamires Sibelly C. Santos.
-TAI. Autor principal (Coordenadora) Prof. Dr. Nara Graça Salles (UFRN) e demais autores secundarios.
– CICLO, 2013. Arthur Cavalcante
-Cultura de ouro ,2014. Arthur Cavalcante
-Angustia,2014.Giulian Lin Mascarenhas Souza
-SertãoMAR ,2008-2010. Artur Luiz de Souza Maciel e Marjorie Simões dos Santos
– Histórias de Rua,2014. Jacó Viana, Juliana Magalhães, Larissa Paim, Lauana Sento Sé e Luciene Dantas.
-Eco-Ação,2014. Fagner dos Santos Fernandes
-Corpo Estranho, 2014. Taís Lima Gonçalves Amorim da Silva

VIDEOARTE EM NATAL
Dois nucleos:
Exposição VideoArte em Natal:
Local: IFRN/Cidade Alta (Auditório)
Horário: 10h às 12h
Dois núcleos:
VIDEOARTE EM NATAL: APONTAMENTOS – CURADORIA SANZIA PINHEIRO
– O que Egon Schiele estaria dizendo – Chrystine Silva
– Ornamental – Juan Nin
Anemografias – Morvan França
Performances – Marcelo Ghandi
Constantine- Júlio Castro
Sustento ferro- Humberto Luiz
Noturnos – Carito Cavalcanti
e outros
Histórias VideoArte na UFRN
Gilbertto Prado- M Angela Pavan (FACOM/UFRN)
– A terra e seus terráqueos em 88; Babel: bamboo tower;9/4 Fragmentos de Azul;Connect
Lais Guaraldo (DEART/UFRN) com Mônica Reis e Viviane Borges
– Maiakoviski
Prêmio VideoBrasil VHS
4o Festival VideoBrasil 1986 6m

(TARDE)
Abertura Exposição Tempo reverso no IFRN
Local: Auditório
IFRN/Cidade Alta

Exibição filme: Coletivo COLETORES Media lab , direção Toni William Cross – SP
Horário: 15h
Local: IFRN/Cidade Alta

Exibição filme: Tres vezes Maria , direção de Marcia Lohss
Horário: 15h30 as 16h00
Conversa com Marcia Lohss
Horário: 16h00 as 16h40
Exibição filme: Seo Inácio, direção de Hélio Ronyvon
Horário: 16h50 as 18h00
Exibição filme: Cidade Submersa, direção de Caetano Dias
Horário: 18:10
Local: IFRN/Cidade Alta

 
(NOITE)
Comemoração 5 anos Parceria UFRN/IFRN 10 Dimensões
Horário: 18:30
Local: Auditório
IFRN/ Cidade Alta

Sessão filme Rabeca
Caetano Dias
Com a presença do artista
Horário: 19h00
“Conversa com Caetano Dias Rabeca e seus desdobramentos”
Horário: 20h00

Imagem: EcoAção  Fagner  dos Santos Fernandes/Mostra Universitária

Rabeca

Rabeca, de Caetano Dias

RABECA EXIBIÇÃO
17H30 Esta Terça-feira
01/12/2015
ANFITEATRO EXTERNO DEART/UFRN

com a presença do artista
Conversa com Caetano Dias logo após a exibição do filme

Exposição Tempo Reverso

APRESENTAÇÃO

RABECA, 2013
Longa metragem com 71 minutos
Dimensões variáveis
Quicktime H264 / Som
Coleção do artista

Eder Fersant, jovem músico radicado na Bahia, em uma viagem de Irecê à Correntina, revela os mitos regionais, os personagens, os sons e a riqueza cultural do sertão nordestino, apresentando cruamente o desaparecimento da tradição dos mestres “rabequeiros”. A Rabeca, instrumento que acompanha o músico durante a viagem, é utilizada como elemento de ligação entre os personagens no filme. O foco da narrativa nos conduz à história de personagens como Dona Dominga da Rabeca, octogenária e mestre “rabequeira”.

Um filme de CAETANO DIAS com EDER FERSANT
Participação: DEUSI DE MAGALHÃES
Diretor: CAETANO DIAS
Assistente de direção: ALEX SOUZAN
Direção de fotografia: WALLACE NOGUEIRA
Assistente de fotografia: NANNA POSSA
Coordenação de produção: MARIANA MELLO
Produção: LEONARDO CAMPOS
Assistente geral: PAULO A. DE SOUZA (Palito)
Preparação de elenco: DEUZI MAGALHÃES
Caracterização da mulher do cabelo: MARIE TOOURRON
Coordenação de pesquisa: CAETANO DIAS
Equipe de pesquisa: CLAUDIA POSSA, EDER FERSANT, LEONARDO CAMPOS, MARIANA MELLO

BIO Caetano Dias:

O baiano Caetano Dias, em seus 20 anos de artista multimídia, despontou com suas experimentações entre fotografias, instalações e vídeos. Estreando na realização de longa-metragem, com RABECA, entre outros documentários destacam-se: 1978 Cidade Submersa/2010, O mundo de Janiele -Mostra Continentes a deriva (Sète/França) e Paisagens Obliquas (Faro/Portugal), Zilomag e Oxalá/ 2006, Uma -l Festival de Cinema Latino-americano de São Paulo/ 2005 e exposição Interconnect do ZKM, Alemanha/2006 e Canto Doce Pequeno Labirinto – Festival Internacional Videobrasil/ 2007. Em 2009 foi contemplado com o Prêmio de Criação Audiovisual Le Fresnoy / Videobrasil. Com obras presentes nos museus de Arte Moderna da BA e RJ e Berardo, Lisboa, participou também das bienais Mercosul, Valência, Buenos Aires e Biennale de BelleVille/Nuit Blanche, Paris.

https://vimeo.com/65499492

Tres vezes Maria

Tres vezes Maria de Marcia Lohss

TRES VEZES MARIA EXIBIÇÃO
17H30 Esta Terça-feira
01/12/2015
ANFITEATRO EXTERNO DEART/UFRN

Exposição Tempo Reverso
APRESENTAÇÃO:
Maria Dolores que todos chamam de Dorinha, Maria Aparecida que é conhecida por Cida e Maria Apolônia, a fogosa Paloma, vivem e trabalham no Cabaré do Onório em Santo Antônio do Salto da Onça, uma cidade do interior do Rio Grande do Norte. Após a morte da cafetina, dona do cabaré, Onório se vê no desafio de administrar o prostíbulo herdado que vive um momento difícil. Na noite da reinauguração do cabaré, as Marias terão que tirar força da amizade entre elas, para suportar a dor neste lugar onde não há espaço para lágrimas.
TEASER:

https://vimeo.com/101360669
Bio Márcia Lohss :

Tecnóloga em teatro formada pela Escola de Artes Dramáticas ( BuehnenStudio Der Darstellenden Kuenste) Hamburgo – Alemanha. Estudou audiovisual em 2010, quando cursou cinco semestres do curso de Bacharelado em Cinema na UNP/Universidade Potiguar/RN , tendo migrado para o curso de Comunicação social, com habilitação em Rádio e TV na UFRN/Universidade Federal do Rio Grande do Norte onde desenvolve pesquisa de iniciação científica sobre a preparação de elenco nas obras audiovisuais de ficção.

Os Coletores MediaLab

coletores baixa1

APRESENTAÇÃO:
Mini Documentário idealizado pelo Coletivo COLETORES e patrocinado pelo Programa VAI da Prefeitura de São Paulo que apresenta a série de obras do coletivo junto ao Atelier livre Media Lab., que apresenta intervenções urbanas com arte e tecnologia junto a comunidades/favelas da cidade de São Paulo.

Direção: Toni  William Crosss

2015

http://dasding.org/medialab/

HOJE  17h30  ANFITEATRO DEART/UFRN
Após exibição de  Seo Inácio

SÊO INÁCIO

seo-inacio-ou-o-cinema-do-imaginario Helio Ronyvon

EXIBIÇÃO NESTA SEGUNDA-FEIRA-17h30
Anfiteatro externo-DEART/UFRN

APRESENTAÇÃO

“Sêo Inácio (ou o cinema do imaginário)” conta um pouco da vida do cinéfilo Inácio Magalhães de Sena, que já assistiu a mais de 20 mil filmes e alia sua sabedoria a uma vivacidade intensa.

O filme tem duas versões. A primeira é um média-metragem de 54 minutos, fruto de um Trabalho de Conclusão de Curso de Comunicação Social da UFRN, habilitação em Rádio e TV, orientado pela Prof. Dra. Maria Angela Pavan, e acompanha o dia-a-dia do protagonista, ao mesmo tempo em que o convida a reconstruir suas memórias através da produção de um curta-metragem ficcional intitulado “O menino que queria ser santo”.

A segunda versão é um curta-metragem de quase 14 minutos, totalmente documental.

APRESENTAREMOS A VERSÃO INTEGRAL

Ficha técnica
DOCUMENTÁRIO – SÊO INÁCIO (OU O CINEMA DO IMAGINÁRIO)
Direção: Helio Ronyvon
Produção executiva: Luana França
Direção de fotografia: Jomar Dantas
Assistente de direção: Pipa Dantas
Produção: Frank Aleixo, João Pinheiro
Assistente de câmera: Jordana Lopes
Operadores de câmera: Jomar Dantas, Jordana Lopes, Pipa Dantas
Som direto: Frank Aleixo, Helio Ronyvon, João Pinheiro
Coloração: Jomar Dantas
Montagem: Pipa Dantas

FICÇÃO – O MENINO QUE QUERIA SER SANTO
Direção: Helio Ronyvon, Inácio Magalhães de Sena
Produção executiva: Luana França
Direção de fotografia: Jomar Dantas
Roteiro: Frank Aleixo, Helio Ronyvon, Inácio Magalhães de Sena
Assistente de direção: Pipa Dantas
Produção: Aureliano Medeiros, Frank Aleixo, João Pinheiro
Assistente de câmera: Jordana Lopes
Operadores de câmera: Jomar Dantas, Jordana Lopes
Som direto e mixagem: Cassio Zambotto
Figurino: João Pinheiro
Cenografia: Jordana Lopes
Preparação de elenco: Marcia Lohss
Trilha sonora: Zé Marcos
Coloração: Jomar Dantas
Montagem: Pipa Dantas
Prêmios
VII Curta Taquary – Festival Internacional de curta-metragem
– Melhor Som
– Melhor Montagem
– Menção honrosa de melhor filme… Ver mais
Estrelando
Inácio Magalhães de Sena
Direção de
Helio Ronyvon
Escrito por
Frank Aleixo e Helio Ronyvon
Roteiro por
Frank Aleixo, Helio Ronyvon, Inácio Magalhães de Sena

EXPOSIÇÃO TEMPO REVERSO

filme Rabeca - Sabias da Mata

DEART/UFRN:
ABERTURA:30/11::17h30 21 hs
17h30 as 19hs:
Anfiteatro externo:Exibição, Sêo Inacio, Tres vezes Maria, Coletivo Coletores MediaLab
19hs:Galeria- Cidade Submersa– Caetano Dias

1/12 :17h30- 1/12
Anfiteatro externo: Exibição, Rabeca e conversa com Caetano Dias
( com a presença do autor)
1,2,3 e 4/12, Galeria- Cidade Submersa– Caetano Dias

IFRN/Cidade Alta
2/12- IFRN/Cidade Alta, Auditorio
15hs as 21 hs todos os anteriores em sequencia

Esta pequena exposição tem o objetivo de apresentar obras artísticas relevantes e contemporâneas na área de vídeo com a produção de convidados no país, como contraponto a Mostra Universitária de VideoArte do Nordeste-2015, evento também realizado no contexto do Circuito VideoArte 10 Dimensões 2015, o qual realiza levantamento da produção acadêmica e universitária do Nordeste na área de VideoArte, com obras de professores e alunos das instituições da região.

TEXTO DE APRESENTAÇÃO
(Laurita Salles)

Trata-se de uma exposição referencia com obras que envolvem a questão do tempo, desde o tempo vivido e sua reversão pela memória, ou intensificado por obras que apresentam-se no tempo real.
As obras de Caetano Dias, Cidade Submersa(1978) e Rabeca( 2013) parecem tratar o tempo como algo flexível, em movimento, como lugar de encontro (ou desencontro). Enfim, um espaço onde é possível estar e re-configurar o vivido, retomado como outro e em constante metamorfose. Já na obra dirigida por Helio Ronyvon, Seu Inacio (ou o Cinema do Imaginário), mesclam-se o tempo real tornado um mergulho na imaginação através dos filmes e da memória e projeto de futuro, como hipóteses de filme.
Se em Três vezes Maria, o tempo se desdobra entre o passado intensificado pela ausência da cafetina Ondina e o presente das três moças unidas pelo destino e nomes comuns, em um momento de renovação de suas vidas individuais e conjuntas; já em Coletivo COLETORES Media lab este apresenta-se como presente intenso, onde a ação fílmica é apresentada no espaço e tempo reais. No entanto, ainda que editadas no presente, são imagens previas,estocadas como um banco de clips audiovisuais disponíveis para mixagens e projeções editadas no tempo presente.

Anotamos que os Coletores com Grafitti eletrônico e projeções em tempo real e também Lucas Bambozzi, com a obra O Tempo não recuperado, viriam apresentar-se pessoalmente com suas respectivas obras nesta exposição, o que foi impossibilitado pela crise por que passa a universidade brasileira neste momento.

 

APRESENTAÇÃO GERAL

Rita de Cássia Machado Amaral - Mergulho

O Projeto 10 Dimensões Grupo Permanente dará continuidade ao Circuito VideoArte 10 Dimensões 2015 com a realização do evento Mostras e Exibições de VideoArte, de 30 de novembro a 4 de dezembro de 2015, com apresentações simultâneas no DEART/Departamento de Artes da UFRN/Universidade Federal do Rio Grande do Norte e IFRN/Cidade Alta/Instituto Federal de Educação, Ciencia e Tecnologia do Rio Grande do Norte (vide Agenda ).

O Circuito VideoArte 10 Dimensões 2015 teve três trilhas da Programação: Trilha Debates e palestras(Cientec/UFRN), Trilha Formativa (Cientec/UFRN  e novembro de 2015) , Trilha Mostras e Exibições a ser  logo mais apresentada.
A programação do Circuito está sendo divulgada no site https://10dimensoesgp.wordpress.com/ e
Facebook:Circuito VideoArte 10 Dimensões 2015

Circuito VideoArte 10 Dimensões 2015
Mostras e Exibições de VideoArte
30 de novembro a 4 de dezembro de 2015
UFRN/DEART
IFRN/Cidade Alta – 2 de dezembro de 2015

Serão realizadas três mostras:
1) Mostra de referencia:
Exposição Tempo reverso, curadoria Laurita Salles
com os seguintes videos:
Coletivo COLETORES Media lab ,direção Toni William Crosss – SP
Rabeca e Cidade Submersa– Caetano Dias – BA
Sêo Inacio – Coletivo Caboré, direção Helio Ronyvon – RN
Três vezes Maria– Coletivo Caboré, direção Marcia Lohss -RN
2) Mostra Universitária de VideoArte 10 Dimensões  Nordeste 2015
com a participação de vídeos de arte produzidos por alunos, docentes e servidores da universidades do Nordeste:
MOVESER -Bárbara Freire, Dany Ferreira, Davi Revoredo, Laryssa Aguiar, Raphael Dumaresq, Rita Machado e Bárbara Stefany Freire de Sousa.
Céu laranja: medo do descontrole. Jadiel Matheus Moura de Azevedo.
(Jorake)
Nuances do passado, 2014 -Luiz Courret.
Enterro de resto de construção ,2014. Vinícius Cortez de Souza Dantas
Raiz Aérea, 2014. Patrícia Leal e Bel Souza
Que desenho é esse? Arymar Sousa Mendes, Adálio Barbosa da Silva Neto,
Carla Karoline dos Santos Farias Gonzalez, Delaídes Rodrigues Paixão e
Thamires Sibelly C. Santos.
TAI. Autor principal (Coordenadora) Prof. Dr. Nara Graça Salles (UFRN) e
demais autores secundarios.
CICLO, 2013. Arthur Cavalcante
Cultura de ouro ,2014. Arthur Cavalcante
Angustia,2014.Giulian Lin Mascarenhas Souza
SertãoMAR ,2008-2010. Artur Luiz de Souza Maciel e Marjorie Simões
dos  Santos
Histórias de Rua,2014. Jacó Viana, Juliana Magalhães, Larissa Paim,
Lauana Sento Sé e Luciene Dantas.
Eco-Ação,2014. Fagner dos Santos Fernandes
Corpo Estranho, 2014. Taís Lima Gonçalves Amorim da Silva
Mergulho-10,2015 .Rita Machado
Sunshine, 2015. Revelia Filmes
SELF, . Will Gomes
Não sei, mas continuo. 2014 . João Pedro Tavares

3) Mostra VideoArte em Natal
3.1. VideoArte em Natal. Apontamentos– curadoria Sanzia Pinheiro
O que Egon Schiele estaria dizendo-Chrystine Silva
Ornamental – Juan Nin
Anemografias-Morvan França
Performances-Marcelo Ghandi
Constantine– Julio Castro
Sustento ferro– Humberto Luiz
e outros

3.2-Historias VideoArte na UFRN– curadoria Laurita Salles
A terra e seus terráqueos em 88
Babel: bamboo tower
9/4 Fragmentos de Azul
Connect
Autor: 
Gilbertto Prado-M Angela Pavan(FACOM/UFRN) como câmera

Maiakoviski– Premio VHS 4o Festival VideoBrasil . 1986
Direção: Laís Guaraldo(DEART/UFRN), Viviane Borges Guimarães, Mônica Vendramini Reis

CURSO VIDEOARTE QUATRO SEMANAS

titulovid01CURSO:
“PRODUÇÃO DE VIDEOARTE:
HOMEM E MÁQUINA EM PROCESSO”

Ministrante: Pedro Balduino
Local: DEART/UFRN, Sala 18 (prédio antigo)
Datas/Horários: 6, 13, 20, 27 de Novembro, 14h as 17h
Público: Estudantes de artes e comunicação, comunidade externa, maiores de 16 anos.
Gratuito,inscrições na hora.

Cronograma:

AULA 1 (6 de novembro):
Experiência da realidade através da imagem em movimento
Representacionismo cartesiano e teoria construtivista
Aquisição da imagem
Teoria da animação e percepção visual (tecnologia da máquina e ilusão do movimento)
Mecanismos retinianos e corticais da visão, neurônios espelhos (tecnologia do corpo)
Artistas: Norman Mclaren e outros
Filme: Ex-Isto (2010)

AULA 2 (13 de novembro):
Sistemas de televisão e transmissão de vídeo
Artistas: Nam June Paik e outros
A Arte do vídeo
A Sociedade do Espetáculo
Metalinguagem (quando o vídeo fala do vídeo)
Filme: Videodrome (1975)

AULA 3 (20 de novembro):
Processo “orgânico” de criação e reflexões sobre as dimensões do vídeo
Experimentos de escrita do roteiro do vídeo
Acompanhamento de trabalhos e discussões sobre projetos dos participantes
Otimização dos limites das ferramentas tecnológicas de criação do vídeo
Conhecimentos básicos de edição de vídeo
Reflexões sobre espaços e meios de exibição: mídias de comunicação e espaços expositivos
Artistas: Otávio Donasci, David Cronemberg e outros

AULA 4 (27 de novembro):
Acompanhamento de trabalhos e discussões sobre projetos dos participantes
Finalização de produções e encaminhamentos finais para mostra.

Bio:
Pedro Balduino é graduado em Licenciatura em Artes Visuais pela UFRN. Possui formação regular em diversos cursos voltados para o audiovisual e já foi ministrante de cursos e oficinas de roteiro, edição de vídeo e produção de curtas-metragem. É produtor audiovisual, video-artista e expositor desde 2010 e atualmente trabalha na Império Filmes e Coletivo Outis de Cinema, além de trabalhar como artista visual.